O sonho da maioria dos brasileiros é ver a neve de perto, ou então que nevasse no Brasil – uma coisa um pouco mais complicada devido a situação geológica do país – mas apesar de ser algo um pouco complicado, ainda assim é possível vivenciar isso de perto no parque Snowland que fica na cidade gaúcha de Gramado, que é um lugar bem interessante embora deixa a desejar em algumas ocasiões.

O parque Snowland.

No feriado do dia 15 de Junho de 2017, resolvemos fazer uma visitinha a Gramado, ou sendo mais específico ao parque de neve do Snowland, foi um passeio legal embora não tenha sido algo tão empolgante. Mas no fim não foi uma coisa ruim, até nos divertimos um pouco.

O parque possui o tamanho de 16.000 metros, e é um local ideal para quem sempre sonhou em curtir a neve pessoalmente. O local é dividido em três ambientes temáticos: Vilarejo Alpino, Mirante Bela Vista e Montanha de Neve.

Vilarejo Alpino

O local foi inspirado nos vales suíços. E conta com algumas atividades, como patinação no gelo e um simulador 7D. Além disso lá também é possível encontrar lojas e uma minigaleria com uma variedade de opções gastronômicas.

Mirante Bela Vista

O local conta com a belíssima visão da Montanha de Neve, aonde é possível ver as pessoas esquiando. Além disso é um espaço pra quem gosta de lazer, você pode curtir uma música enquanto saboreia uma deliciosa bebida especial.

Montanha de Neve

A montanha de neve é um dos locais mais famosos do parque, isso porque é lá que acontecem a maioria das atividades no Snowland. Lá você pode por exemplo, deslizar pela Montanha de Neve com o Tubing. Além disso você pode conhecer o mágico Castelo de Neve, que encanta a todos que vão lá. Mas também existem outras atividades para fazer ao lado da família.

G2354296 1024x768 - Parque Snowland2017 06 15 13 23 46 d7c52039 - Parque Snowland

Um lugar doce, mas, ao mesmo tempo, com preços salgados

Apesar de ser um local bem interessante de se conhecer – ainda mais por ser considerado algo inédito no Brasil – os preços de lá são caros, a começar pelo passaporte (que é assim como eles chamam os ingressos para entrar lá) que custa R$169. Além disso tem também o preço do chocolate quente que custa R$16 mas isso o copo pequeno. E pra quem não sabe esquiar ou andar de Snowboard tem que pagar R$130 para ter uma hora de aula, pra depois poder andar. Isso sem contar que pra guardar a bolsa antes de entrar na Montanha de Neve tem que pagar R$25, isso só pra você guardar sua bolsa e depois ir lá pegar quando sair do local, tanto é que o recomendado é que nesse caso deixe a bolsa no carro pelo menos você economiza e com esse valor você pode tomar um chocolate quente.

E não é só o parque que é caro.

Embora possa parecer que apenas o parque em si consuma parte da sua poupança, não para por ali, fomos até o Café Colonial comer algumas coisinhas antes de voltar pra casa e pagamos cerca de R$75 por pessoa.

 

O passeio.

Foi legal conhecer o parque é bem bacana, é legal pra quem sempre sonhou em ver a neve de perto. O parque deixa um pouco a desejar por conta do preço do passaporte que é caro – por volta de R$170 – e também faltou algumas coisas pra deixar o parque mais interessante e atrativo para o cliente. Mas por fim é recomendável ir lá e conhecer o parque, só não é uma coisa que marca no sentido de querer voltar lá outra vez, mas fora isso é legal, ainda mais pra quem gosta de neve e nunca teve oportunidade de presenciar esse momento.

Comments

comments

4 Comentários

Deixe o seu comentário