É muito bom andar de avião, de ônibus, de carro, mas e quando é barco? É melhor ainda, não tem coisa melhor do que você passar sobre as águas, senti o ar fresco que o rio proporciona e claro conhecer novos lugares que seriam tecnicamente impossíveis se fossem feitos com transporte terrestre. E nesse post contaremos como foi a nossa viagem até o Delta do Paraná que fica na cidade Tigre, há 32.2 km da capital de Buenos Aires.

A cidade Tigre e o Delta do Paraná.

Nós chegamos na pequena cidade de Tigre no dia 4 de setembro de 2017. Chegando lá nos deparamos com uma pequena cidade que é cortada por diversos canais que deixa a cidade mais refinada, por conta disso o local recebeu o apelido de Veneza Argentina. Entretanto as águas do rio não são cristalinas igual na Itália, pelo contrário por conter muito ferro, ela acaba ficando amarronzada como a lama, e com isso as pessoas acabam não tendo coragem de dar um mergulho.

Sobre o Delta.

É uma rede de cursos de água com a extensão de aproximadamente 300 km, para se ter uma ideia do tamanho dela, ela sai do centro da Argentina e vai até o rio da Plata.

Passeios de barco.

Próximo do centro de Tigre é possível ver algumas lanchas, kayak e canoas, isso porque os barcos são as principais atrações da cidade, e lá possui bastante agências que te levam a dar um passeio pelo rio.

O Puerto de Frutos.

Um dos pontos que mais nos chamou atenção foi o Puerto de Frutos, um mercado a céu aberto com bastante variedade de produtos. E se engana quem acha que la só se vende frutas, isso porque lá você encontra artesanatos, brinquedos e roupas. Sem contar que ali também existem restaurantes, uma boa pra quem ficar com fome durante o passeio no delta.

A pequena rua de Paseo Victorica.

Além disso outro ponto que chama atenção é o Paseo Victorica uma rua curta, mas que chama atenção por conta da sua linda paisagem. Além disso durante a caminhada você fica de frente com dois museus, o primeiro é o Museo Naval de la Nación, aonde você aprende a história da navegação além de conhecer itens antigos, e depois você chega ao Tigre Art Museum que é um dos pontos mais encantadores do Tigre.

O cassino.

Outro local que chama bastante atenção nos arredores é o Casino Trilenium de Tigre. O cassino é grande pra se ter ideia o tamanho dele é de 22.000 m, abrigando 1.800 máquinas caça-niqueis e 74 mesas de jogos.

Tigre e Delta2 1024x682 - Tigre e o Delta do ParanáTigre e Delta3 1024x682 - Tigre e o Delta do ParanáTigre e Delta4 1024x768 - Tigre e o Delta do ParanáTigre e Delta5 1024x768 - Tigre e o Delta do Paraná

O passeio.

Foi muito bom conhecer a cidade do Tigre, é como se eu estivesse em Veneza, apesar da cor da água ser um pouco diferente. Além disso é bem legal ficar ao lado da natureza, ter conhecido dois novos museus, ter passado pelo Puerto de Frutos e claro ter caminhado pela rua de Paseo Victorica. Enfim foi um bom passeio.

Comments

comments

2 Comentários

Deixe o seu comentário